De volta á casa do Pai

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Hoje quero compartilhar algo que aprendi em um culto na igreja onde congrego. Foi num sábado, culto dirigido pela equipe do período de louvor, o tema foi: De Volta ao Primeiro Amor.

A palavra foi ministrada no texto de Lucas15 na parábola do filho pródigo (que significa filho gastador), eu nunca tinha estudado essa passagem da forma como á estudamos naquela noite. Foi maravilhoso.

Irmãos, o filho estava junto do pai, morava com ele, desfrutava dos bens dele, mas ainda assim não estava bom. Deixou-se encantar com o mundo e saiu da presença do pai (E disse: Certo homem tinha dois filhos; E o mais moço deles disse ao pai: Pai dá-me a parte dos bens que me pertence. E ele repartiu por eles a fazenda. E, poucos dias depois, o filho mais novo, ajuntando tudo, partiu para uma terra longínqua, e ali desperdiçou os seus bens, vivendo dissolutamente). Quantos de nós também temos feito isso, saímos com tudo o que o Senhor nos deu, nossa saúde , visão, alegria, juventude, família, e muitas das vezes desperdiçamos tudo.Mas porque fazemos isso?Porque não basta apenas ser filho e querer apenas as bênçãos, temos que desejar o Pai a cada segundo, estar realmente na casa dele e em comunhão.

Mas depois de ter perdido tudo e reconhecer a necessidade que tinha do pai resolveu voltar (Levantar-me-ei, e irei ter com meu pai, e dir-lhe-ei: Pai pequei contra o céu e perante ti; Já não sou digno de ser chamado teu filho; faze-me como um dos teus jornaleiros). Quão necessário é esse reconhecimento em nossas vidas, pois é aqui que começa o nosso trajeto de volta para a casa do Pai. O mais interessante nisso tudo é que em todo esse tempo o pai não saiu do lugar, ele permaneceu á espera do filho e já o avistava de longe, e correu ao seu encontro(E, levantando-se, foi para seu pai; e, quando ainda estava longe, viu-o seu pai, e se moveu de íntima compaixão e, correndo, lançou-se-lhe ao pescoço e o beijou).E assim o recebeu com grande festa.

Eu reconheci naquela noite que muitas vezes ía á igreja achando que era tudo, pensando que ali era a casa do Pai, que fazendo assim minha salvação estava segura. mas vi que já não estava na casa do Pai a algum tempo, já havia perdido a comunhão com ele. E agora estou a cada dia tentando voltar ao primeiro amor.

2 comentários:

Mensagens abencoadoras!!! disse...

Querida, que mensagem linda! Foi Deus que me troxe ao seu cantinho hoje...
Sabe, eu tambem estou buscando ardentemente o primeiro amor....estou com a impressão que o perdi pelo caminho...
Vamos perseverar, porque com certeza, nosso Pai celestial esta com os braços abertos nos esperando como esperava ansioso aquele filho!
Amo voce em Cristo, mas ELE nos ama muito mais, e tem todo interesse em acender em nossos coraçoes a chama do primeiro amor...sabe nao e facil reconhecer isto, acho que ja estamos dando o primeiro e mais imortante passo, o reconhecimento....
* Seu blog esta mais leve...
Bjus
Marly

lorrayne disse...

QUE BOM !QUE GOSTOU DO CULTO ,PORQUE EU TAMBÉM APRENDI MUITO!!!UM ABRAÇO AMIGA!!

Postar um comentário